02/05/2006 a 06/05/2006

Construção e Cidadania forma egressos do sistema prisional

Em parceria com a Secretaria de Estado de Defesa Social, professores e alunos do curso de Arquitetura e Urbanismo, técnicos do Programa de Prevenção à Criminalidade e palestrantes convidados trabalharão na formação de mão-de-obra para a construção civil, tendo como público 22 egressos do Sistema Prisional de Minas Gerais.
São pessoas que já cumpriram suas penas no sistema penitenciário do Estado de Minas Gerais e que receberão oportunidades de educação profissional pela SEDS, através de sua Superintendência de Prevenção à Criminalidade (Spec), no programa de Reintegração Social dos Egressos e da PUC Minas.
As aulas acontecerão de segunda à sexta-feira, de 8 às 12 horas, no campus Coração Eucarístico. Durante o curso, que terá o primeiro módulo com duração de três meses, os alunos receberão conhecimentos sobre construção civil, tendo por base os processos construtivos em alvenarias estruturais.
 Após este módulo, eles poderão aprimorar seus conhecimentos e habilidades em módulos seqüências e temáticos, tais como instalações prediais. Além das disciplinas ligadas à formação de mão-de-obra, os alunos participarão de atividades de arte e cultura, além de palestras sobre direito e cidadania. A primeira turma é composta por 20 alunos e 2 monitores, todos do programa de Reintegração Social dos Egressos, sendo 12 participantes do núcleo de Belo Horizonte, quatro do núcleo de Ribeirão das Neves e seis do núcleo de Contagem. Reintegração

Política social

O programa de Reintegração Social dos Egressos é uma ação da Superintendência de Prevenção à Criminalidade (Spec) da Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds). Tem como objetivo acolher o egresso do sistema prisional em todo o estado de Minas Gerais, promovendo políticas sociais para sua reintegração na sociedade, garantir o cumprimento dos direitos previstos e criar condições para evitar a reincidência criminal e o envolvimento em ciclos de violência e criminalidade. De acordo com a Lei de Execução Penal (LEP) são considerados egressos, os liberados definitivos pelo prazo de um ano a contar da saída do estabelecimento prisional e o liberado condicional.

28/04/2006


PUC Informa. Editado pela Assessoria de Imprensa da PUC Minas :: (31) 3319-4917 - imprensa@pucminas.br