12/09/2005 a 18/09/2005

Educação Física é a novidade

Além dos 47 cursos de graduação ofertados no campus Coração Eucarístico, os candidatos ao vestibular do 1º semestre de 2006, que será realizado nos dias 13 e 14 de novembro, terão uma nova opção: o curso de Educação Física. Com duração de quatro anos, o curso tem como objetivo formar educadores com capacidade de conhecer e intervir criticamente e criativamente no seu âmbito de ação profissional.

Segundo o diretor do Centro Esportivo e membro da comissão que elaborou o projeto do curso, Daniel Marangon, “esta é uma área que está em ampla expansão no Brasil e no mundo”. Isto porque, de acordo com ele, a valorização da qualidade de vida tem feito a indústria do esporte crescer, abrindo novas possibilidades de atuação profissional. Além de escolas, academias e hospitais, o profissional de Educação Física também pode trabalhar com treinamento personalizado, esportes de alto rendimento, lazer e projetos sociais.

As aulas terão início no final da tarde e se estenderão até o turno da noite, o que, de acordo com Marangon, vai permitir que o aluno trabalhe durante o dia, conciliando estudo e prática profissional. O candidato ao vestibular poderá optar pelas modalidades de bacharelado ou licenciatura. O curso será vinculado ao Instituto de Ciências Biológicas e da Saúde (ICBS).

Adaptações

Com a criação do curso, o Centro Esportivo da PUC Minas irá passar por algumas adequações, como a cobertura de quadras, construção de laboratórios e reforma da pista de atletismo, para atender a padrões internacionais. Haverá ainda melhorias na iluminação, devido ao horário das aulas.

“Os projetos do Centro Esportivo vão ter relação direta com o curso”, conta Maragon. Apesar disso, o Centro Esportivo continuará com a mesma missão: a de ser um centro gerador de projetos em esporte e qualidade de vida. Ele afirma que o curso terá “uma das melhores estruturas na área de Educação Física do país”.

Demanda

A idéia de criar o curso de Educação Física surgiu depois do convênio firmado entre a Universidade e o Governo Federal, em 2001, para a construção do Centro Olímpico – espaço de treinamento que será construído no Centro Esportivo para incentivar a formação de atletas.

A comissão responsável pela implantação do curso fez uma pesquisa junto às principais Universidades Federais do Estado de Minas Gerais e constatou que, nos últimos cinco anos, a média foi de 23 candidatos para cada uma das vagas disputadas.

“Sempre houve questionamentos por parte de profissionais, professores, alunos, atletas e candidatos do porquê da Universidade não ter um curso de Educação Física”, conta Marangon, para quem o alto índice de candidatos/vaga indica que existe demanda.

09/09/2005


PUC Informa. Editado pela Assessoria de Imprensa da PUC Minas :: (31) 3319-4917 - imprensa@pucminas.br