19/03/2006 a 25/03/2006

Qualidade de jornalismo que vale prêmio


Com quase 35 anos de história, cada vez mais o Jornal Marco - jornal laboratório do curso de Jornalismo da Faculdade de Comunicação e Artes – vem firmando a sua vocação que é o aprendizado dos alunos e a ação comunitária. As conseqüências não podiam ser diferentes: a publicação tem conseguido destaque nos principais concursos que participa.

“A gente não faz jornalismo para ganhar prêmio”, declara o editor da publicação, Fernando Lacerda. Para ele, o primeiro lugar no concurso Meio Ambiente na Pauta dos Jornalistas do Amanhã promovido pela Fundação Estadual de Meio Ambiente (Feam), no ano passado, e vários outros são desdobramentos do trabalho que vem sendo desenvolvido pela equipe de professores e alunos do curso. Só no Congresso da Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (Intercom), o Marco já foi premiado 9 vezes. Outros primeiros lugares também foram alcançados, como na Exposição da Produção experimental dos Cursos de Comunicação Social (Expocom) e no Encontro Nacional dos Estudantes de Comunicação (Enecom).

“O prêmio é o reconhecimento do trabalho, do esforço e do carinho que tratamos esta matéria. Mostra mais uma vez que o Jornal Marco é um grande laboratório para quem quer fazer jornalismo de qualidade”, resume Rogéria Rocha, uma das redatoras da matéria Lixo afeta saúde no Rio das Velhas premiada pela Feam. O estudante do 6º período e monitor do periódico Guilherme Ávila Neves, 20 anos, participou da diagramação da reportagem e acredita que “sendo motivado pela premiação, você dá mais gás”.

Segundo Lacerda, o grande diferencial do jornal é a não vinculação com as disciplinas e a abertura para alunos desde o primeiro período. O processo é simples: anuncia-se a reunião de pauta e, voluntariamente, os alunos aparecem para participar. “A cada semestre a participação dos calouros é maior”, comenta o editor.

Rogério Dias, 24 anos, está cursando Comunicação Integrada na unidade São Gabriel e já sabe que vai se habilitar em Jornalismo. “É uma oportunidade de exercitar a função de jornalista ainda na faculdade”, explica o aluno que escreve regularmente para o Marco. Já, lembra da questão econômica. “Além de ajudar na questão profissional, arco parte dos meus estudos com bolsa” afirma o monitor.

Primeiro Lugar no concurso da Feam

Com a reportagem Lixo afeta saúde no Rio das Velhas, publicada na edição de dezembro do ano passado, o Jornal Marco foi o vencedor do concurso Meio Ambiente na Pauta dos Jornalistas do Amanhã promovido anualmente pela Fundação Estadual de Meio Ambiente.

A estudante do 6º período Juliana Lima e a recém formada Rogéria Rocha foram as realizadoras da matéria e vão receber o prêmio de mil reais. “A gente nunca tinha trabalhado junto, mas deu muito certo”, conta Rogéria.

O tema do concurso era Ambiente e Cidadania na Bacia do Rio das Velhas e durante a realização da matéria, que durou cerca de 1 mês, as repórteres viajaram por 5 municípios. Como o montante de informações e depoimentos colhidos foi grande, elas optaram por escrever sobre as cidades de Pedro Leopoldo e Jaboticatubas. “Foi uma matéria de fôlego, muito esforço”, explica Juliana.

16/03/2006


PUC Informa. Editado pela Assessoria de Imprensa da PUC Minas :: (31) 3319-4917 - imprensa@pucminas.br