09/02/2009 a 15/02/2009

Monitoramento da conjuntura econômica

O reitor da PUC Minas, professor Dom Joaquim Giovani Mol Guimarães, instituiu, no final do ano passado, um comitê de monitoramento da conjuntura econômico-financeira, tendo em vista o agravamento do quadro econômico e a necessidade de um melhor e mais aprofundado diagnóstico e compreensão dos seus impactos sobre o setor da educação superior.

Com trabalhos orientados pela Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Institucional (Seplan), o grupo de monitoramento da conjuntura econômico-financeira tem se encontrado regularmente desde o mês de dezembro. Dele participam o reitor e a vice-reitora, professora Patrícia Bernardes, o chefe de gabinete da Reitoria, professor Paulo Roberto de Souza, os pró-reitores acadêmicos e administrativos, um representante dos pró-reitores adjuntos, além de representantes da Seplan, da Secretaria de Comunicação e da Consultoria Jurídica.

Cenários e alternativas para a educação superior

Além de reunir e discutir informações atualizadas sobre os efeitos do momento econômico sobre o setor de educação superior, o comitê tem procurado desenhar, de modo mais aprofundado, possíveis cenários que as Instituições de Ensino Superior (IES) terão pela frente e estabelecer alternativas para buscar garantir as melhores condições de manutenção de investimentos nas áreas de pesquisa, ensino e extensão.

Nesse sentido, os responsáveis pelas diversas áreas da PUC Minas já apresentaram à Reitoria várias sugestões, tendo como parâmetro e objetivo o bom funcionamento e sustentabilidade da Universidade. São propostas de racionalização de processos e otimização de recursos e que têm como metas, ainda, estimular o maior aprimoramento do trabalho desenvolvido por professores e funcionários e um melhor atendimento e acolhimento ao aluno em todos os setores da Instituição.

06/02/2009


PUC Informa. Editado pela Assessoria de Imprensa da PUC Minas :: (31) 3319-4917 - imprensa@pucminas.br