Caso não esteja visualizando este e-mail corretamente clique aqui.

Atitudes sustentáveis

A prática de conservação de insumos, especialmente água e energia, não é um assunto recente na PUC Minas. No dia a dia, a Universidade, por meio da Pró-reitoria de Logística e Infraestrutura, promove ações para diminuir a agressão ao meio ambiente e preservar a qualidade de vida, incentivando atitudes sustentáveis nos seus campi e unidades.

Diante do atual cenário de escassez de água e energia elétrica no País, essas medidas estão sendo intensificadas como forma de cumprir a meta de redução de consumo estabelecida pelo governo e para amenizar prejuízos que possam ocorrer para o conforto e bem-estar da comunidade acadêmica.

Várias são as ações que estão sendo adotadas, entre elas aquisição e instalação de equipamentos que geram maior economia no uso dos insumos, como máquinas de limpeza a seco, contentores de vazão de água em torneiras automáticas e substituição de instalações hidráulicas por modelos mais eficientes e econômicos, e muitas outras iniciativas apresentadas nesta publicação especial.

Mas numa Instituição com as dimensões da PUC Minas, que possui uma área construída de 270.857 m² e 458.264 m² de área verde, e uma comunidade formada por cerca de 60 mil pessoas, entre alunos e membros dos corpos docente e técnico-administrativo, é necessário mais que a adoção de tecnologia. É preciso uma mudança de cultura em que o desperdício e o uso irracional dos recursos sejam substituídos pelo tratamento cuidadoso e responsável dos equipamentos e insumos que geram conforto e facilitam o cotidiano do trabalho e das atividades acadêmicas. São atitudes simples em que cada um exercita o papel de cidadão e contribui para um projeto coletivo em favor do bem-estar de todos e da vida.

Universidade estabelece metas e ações para redução do consumo de insumos

A PUC Minas estabeleceu a meta de 30%, em vigor desde o início deste mês de março, na redução no consumo de água e energia elétrica em todos os campi e unidades da Universidade, de acordo com definição da Pró-reitoria de Logística e Infraestrutura (Proinfra), mesmo índice divulgado pelo governo de Minas Gerais, por meio da Copasa. Com a aproximação do término do verão e o início, nos próximos meses, do período de estiagem na Região Sudeste, a Universidade intensifica ações que já existiam e outras que estão sendo implantadas junto à comunidade universitária para a redução no consumo de insumos, especialmente água, energia elétrica, telefone e impressão de papéis.

Leia mais

O pró-reitor de Logística e Infraestrutura, professor Rômulo Albertini Rigueira

Cici trabalha pela conservação de insumos

A preocupação da Universidade com o uso racional dos insumos não é recente. Em 2006, foi criada a Comissão Interna de Conservação de Insumos (Cici), com o objetivo de gerar mudança de hábitos de consumo e uma melhor utilização dos insumos (água, energia elétrica e telefonia) através de orientação, estudos, implementações e controle sobre recursos econômicos, materiais e humanos.

Neste ano, em decorrência da atual crise hídrica e de energia elétrica vivida pelo País, a comissão intensificará suas ações. Entre elas, combater o desperdício, estimular o comprometimento e a participação da comunidade acadêmica e fazer o acompanhamento permanente das atividades desenvolvidas.

Leia mais

Comissão de Sustentabilidade: ações para a mudança de hábitos
Caixa d'água em Betim coleta água descartada por laboratórios, para uso em jardim e limpeza
A Comissão de Sustentabilidade da PUC Minas em Betim foi fundada em 2009, com o objetivo de divulgar a mudança de hábitos dentro e fora da instituição. A equipe acredita e propaga a ideia de que, com atitudes pequenas, é possível degradar menos o meio ambiente sem comprometer o rendimento e a qualidade das atividades desempenhadas no dia a dia.

Leia mais

Campanha mobiliza e conscientiza comunidade acadêmica
Divulgação de ações, mobilização e conscientização. Esse é o tripé sobre o qual o Comitê Geral de Comunicação Interna da PUC Minas está trabalhando no envolvimento da comunidade universitária para a redução no consumo de água, energia elétrica, telefone e outros insumos. O Comitê se reuniu extraordinariamente em fevereiro, no campus Coração Eucarístico, para discutir sobre o tema e conhecer melhor as ações que já existiam e outras que estão sendo implementadas na Universidade para a economia de insumos.
Participaram dessa primeira reunião do ano do Comitê Geral os professores Mozahir Salomão Bruck, presidente do comitê e secretário de Comunicação da Universidade; Rômulo Albertini Rigueira, pró-reitor de Logística e Infraestrutura; os pró-reitores adjuntos Eugenio Batista Leite (Betim) e Lucila Ishitani (Barreiro), o diretor executivo de Recursos Humanos, Eudes Weber Porto, e demais integrantes dos comitês locais de comunicação interna dos núcleos e unidades da Universidade.

Leia mais

Medidas contribuem para redução do consumo de energia elétrica
A Gerência de Tecnologia da Informação (GTI) vem traçando novas estratégias para diminuir o consumo de energia elétrica e de papéis nas instituições vinculadas à Sociedade Mineira de Cultura (SMC), mantenedora da PUC Minas. Uma das iniciativas de maior impacto na redução dos gastos de energia elétrica é a utilização de um software que permite desativar funções parciais ou completas das máquinas quando estão inativas após determinado período.

Leia mais

Marcelo Nassau, gerente de TI da SMC