bem-estar PUC CULT em dia com RH aniversários gerais gente nova cadê você? Portal PUC Minas por dentro da PUC lado B

:: Voltar à primeira página do informativo ::

Talento para a arte

Longe da agenda de compromissos do chefe, tabelas, ligações e marcação de reuniões, a secretária da Pró-reitoria do campus de Poços de Caldas, Maria Elvira Nora Rosa, dedica seu tempo ao trabalho manual da decupagem. A técnica, cujo nome é de origem francesa (decoupage), consiste na colagem de papel e papelão sobre objetos e é o mais novo passatempo da secretária. Há dois meses, ela recebe encomendas para confecção de diversas peças de decoração.

A oportunidade de trabalhar com arte surgiu pela necessidade de Maria Elvira de reformular a decoração de seu quarto. “Eu queria caixas mais resistentes e alegres para combinar com a nova decoração. Ao achar uma loja na cidade que vende esse tipo de material, fiquei sabendo que a decupagem das caixas era feita lá. Fui convidada para participar do curso manual, fiquei interessada e comecei. Foi uma ideia que deu muito certo”, conta.

A secretária, que não imaginava ter habilidade para o trabalho manual, fez um planejamento para organizar a confecção das peças e já recebeu mais de 20 encomendas. São porta-jóias; cadernos; caixas grandes, médias e pequenas; porta-lápis; puxa-sacos; caixas de chá; entre outros. Ela conta que o curso é eficiente, mas criatividade é fundamental. “Eu posso ter os materiais disponíveis, mas, se eu não tiver criatividade, meu trabalho fica limitado”, diz.

Pincéis diferenciados, tintas, caixas de madeira, papéis especiais e verniz são alguns dos produtos utilizados na técnica de decupagem, que transforma um produto bruto em uma bonita peça de decoração para todas as idades e gostos.

Como fazer

Maria Elvira explica que o primeiro passo no trabalho de decupagem em madeira é lixar o material para que a base fique lisa e receba a tinta da melhor forma possível. Em seguida, é necessário passar uma mão de tinta mais clara para depois escolher o papel de decoração. Se o papel não tiver recortes, fica mais fácil a colagem na madeira. Caso ele tenha, é necessário recortar cada uma das figuras para depois fazer a montagem, de acordo com o tipo de trabalho escolhido. Depois do papel colado, é preciso definir que tipo de verniz usar no material. Há verniz fosco para materiais clássicos e verniz spray, brilhante, que pode deixar a peça mais atraente.

Para a secretária, que agora é também artista, pensar em uma peça de decupagem, no seu antes e depois, é muito prazeroso e relaxante. “Eu me encontrei em outro setor que tem sido muito gratificante. Fazer o que se gosta e ainda lucrar com isso é bom demais”, afirma.


Maria Elvira faz porta-jóias, cadernos, porta-lápis e outros

:: Volta ::

Secretaria de Comunicação | Recursos Humanos