Mobilização para o combate ao desperdício

Após campanha em 2015, no auge da crise hídrica e energética no Brasil, de redução no consumo de insumos, em todos os campi e unidades da Universidade, a PUC Minas lança agora nova mobilização para combate ao desperdício, especialmente de energia elétrica, água, impressão de papéis e ligações telefônicas. “É importante sempre reduzirmos ao máximo o consumo de insumos. Já queimamos a gordura (com relação à campanha de 2015), então essa campanha atual é para auxiliar no combate ao desperdício”, pontua o pró-reitor de Logística e Infraestrutura, professor Rômulo Albertini Rigueira. Dados compilados pela Proinfra mostram que houve a economia de 321 mil folhas de papel A4 de janeiro a setembro de 2017 em relação a todo o ano de 2016, o que equivale à diminuição de 5%, tendo já havido, nos primeiros seis meses de 2015 comparados ao mesmo período de 2014, uma diminuição de 4,5% nesse consumo.

Raphael Calixto
O professor Rômulo Abertini alerta para a necessidade de se combater, cotidianamente, o desperdício

Nesse mesmo período de 2016 a 2017, houve uma diminuição de 8% no custo das ligações telefônicas. As ligações telefônicas representam 10% dos custos totais da Universidade com relação a insumos como energia elétrica, água e telefonia.

Com relação ao consumo de copos plásticos descartáveis maiores, a Proinfra informa que, entre 2016 e até setembro de 2017, houve também a redução de 5% desses itens, o que equivale a mais de 71 mil copos descartáveis não utilizados. Também nesse item já havia tido a redução de 8%, no período analisado entre seis meses de 2014 e igual período de 2015. Foi no final de 2013 que a PUC Minas distribuiu gratuitamente, a todos os funcionários técnico-administrativos, mais de 2 mil canecas de cerâmica, incentivando o seu uso em detrimento do consumo de copos de plástico descartáveis. Apesar disso, diante da diminuição no consumo desses copos descartáveis maiores, a Proinfra contabiliza, de 2016 para 2017, um aumento de mais de 1% no consumo de copos plásticos descartáveis menores, mais utilizados para o consumo de café.

É justamente na hora do cafezinho que a PUC Minas trabalha para o fim do desperdício também na quantidade de café consumida pelos setores e na quantidade de pães. Visando à diminuição do desperdício, faz-se necessário que os setores avaliem com atenção a quantidade de cada um desses itens a serem diariamente solicitada, proporcionalmente à equipe a ser beneficiada, observa a Proinfra.

Projeto de eficiência energética

No ano de 2016 e até setembro de 2017, houve um aumento de 5% no consumo de energia elétrica, devido à construção de novas edificações no campus Coração Eucarístico e a ampliação da Unidade Praça da Liberdade. Nesse período, houve diminuição do consumo de energia elétrica no campus Poços de Caldas e Unidade São Gabriel, permanecendo estável no campus Contagem e Unidade Barreiro, como informa o pró-reitor. No período de seis meses de 2015, comparado a igual período de 2014, havia tido a redução de 10% no consumo de energia elétrica.

A fim de aumentar a segurança nas áreas externas, também houve o aumento da iluminação nos campi Coração Eucarístico e Betim e Unidade São Gabriel. Em todas as unidades e campi, à medida que as lâmpadas necessitam de troca, a Proinfra as substitui por lâmpadas LED, mais econômicas. Ações similares são implementadas à medida da necessidade da troca de ar-condicionado antigo por novo.

Já a partir de janeiro de 2018, inserida em projeto de eficiência energética elaborado junto à Cemig, será iniciada a substituição, num prazo de dois anos, de cerca de 20 mil lâmpadas internas, pelas de LED, dos prédios do campus Coração Eucarístico. No próximo edital de eficiência energética também participarão os campi Betim e Contagem e a Unidade Barreiro. Substituição de lâmpadas que também será feita na Biblioteca Padre Alberto Antoniazzi, por ocasião de reforma do espaço, em que será trocada toda a instalação elétrica.

O pró-reitor de Logística e Infraestrutura informa que a PUC Minas deverá instalar, em alguns prédios do campus Coração Eucarístico e Unidade São Gabriel, placas fotovoltaicas, em projeto que está em fase avançada, para a geração de energia elétrica a partir da luz solar, investimento em parceria com outras empresas.

Efeitos da seca prolongada

Diante da atual seca prolongada e baixos índices pluviométricos na região metropolitana e em Minas Gerais, houve um aumento de mais de 4% no consumo de água, também comparado a dados de 2016, e até setembro de 2017. Comparados seis meses de 2015 ao mesmo período de 2014, havia tido uma redução no consumo de água de 29%, meta da própria Universidade alcançada àquela época. Apesar de a PUC Minas ter mantido a política de fechamento de torneiras dos jardins, evitando o desperdício de água, o aumento de mais de 4% verificado atualmente, de acordo com a Proinfra, refere-se à necessidade da manutenção dos jardins dos campi e unidades, diante da estiagem absoluta, que na RMBH se estendeu por 107 dias.

A Proinfra alerta para que a comunidade universitária auxilie no aviso de quaisquer ocorrências de vazamentos em torneiras e vasos sanitários, além de torneiras de banheiros que necessitem de manutenção por apresentarem tempo superior ao necessário para a utilização. Qualquer ocorrência nesse sentido pode ser comunicada no campus Coração Eucarístico à Manutenção Civil, da Proinfra, pelo telefone (31) 3319-4270, ou em cada Setor de Infraestrutura dos campi e unidades.

É preciso observar também, segundo a Proinfra, desperdício de insumos no uso inadequado de pincéis e apagadores nos quadros de salas de aula. O uso de pincéis diferentes dos repassados pelas Secretarias Acadêmicas pode acarretar manchas nos quadros de aviso que, se não apagadas também com apagadores próprios, pode ocasionar ranhuras no mesmo, por exemplo, com o uso inadequado de folhas de papel para limpá-los.

Documento coordenado pelo pró-reitor, professor Rômulo Albertini, intitulado Objetivo Estratégico Institucional: práticas com foco na sustentabilidade, propõe a criação de uma agenda ambiental para a PUC Minas e a criação de comissões de sustentabilidade nos campi e unidades. O documento está em análise pela Reitoria.

 

VOLTAR

 

Informativo eletrônico produzido pela Assessoria de Imprensa
(31) 3319-4917 | imprensa@pucminas.br | www.pucminas.br | pucminasoficial