PUC Minas no Coração Eucarístico

Institutos e Departamentos :: Faculdade Mineira de Direito

Apresentação

Faculdade Mineira de Direito

Em 1948, foi lançada, em Belo Horizonte, a idéia de constituição da Universidade Católica e é junto com ela que surge o projeto de criação da Faculdade Mineira de Direito.
A organização da Sociedade Mineira de Cultura deu início aos esforços conjugados de seus membros, sob a liderança de D. Cabral, para a implantação das Faculdades Católicas, núcleo original da Universidade. A importância de fazer emergir desse conjunto de esforços uma Faculdade de Direito Católica se fez sentir desde os primeiros encontros daqueles que atenderam ao convite do Sr. Arcebispo para colaborarem no grande empreendimento.
Na reunião realizada aos 12 de junho no Salão de recepções do Palácio Cristo Rei, na qual se constituiu a "Comissão Fundadora da Universidade Católica", D. Cabral anunciou que um dos estabelecimentos de ensino superior com os quais iniciaria a concretização de seu ideal seria a Faculdade de Direito.
Em 1949, compôs-se a Diretoria da Faculdade Mineira de Direito.
Aos 10 de maio, tomou posse no cargo de Diretor o Desembargador Alfredo de Araújo Lopes da Costa. Em dezembro do mesmo ano foi publicado o edital de convocação do primeiro concurso de Habilitação e foram oferecidas 30 vagas para a constituição da primeira turma.
Em 1950, Já estava definido o lema da Faculdade Mineira de Direito. O Desembargador Alfredo Araújo Lopes da Costa escolhera, juntamente com D. Cabral, a frase: Lex Tua Veritas, para sintetizar o espírito que se pretendia imperasse naquele estabelecimento de ensino.
A aula inaugural, proferida pelo Desembargador Lopes da Costa teve como título o próprio lema da Faculdade. Nela está contida toda uma visão do mundo, do Ensino e do Direito.
Aos 13 de março, iniciaram-se as aulas regulares.
O corpo discente destacou-se sempre por sua intensa participação na vida universitária. Desde o início do curso, começou a organizar-se para constituir seu órgão de representação.
Em 10/11/1951, uma comissão enviou à Diretoria de Ensino um relatório emitindo parecer favorável ao reconhecimento, visto que a Faculdade preenchia as condições exigidas quando ao aparelhamento, organização administrativa e didática e à composição dos corpos docente e discente. Finalmente, pelo Decreto nº 30975, de 10/06/1952, a Faculdade Mineira de Direito foi reconhecida pelo Governo Federal.
Em 20.06.1958, reuniu-se a Congregação da Faculdade Mineira de Direito, decidindo pela incorporação desse estabelecimento de ensino á UCMG.
Esta decisão, efetivada através dos processos legais, levou á equiparação da Faculdade Mineira de Direito pelo Decreto nº 45046, de 12/12/1958, completando-se, assim, sua incorporação à UCMG.


Última Alteração: 22/08/2002

 :: Volta :: 

Biblioteca

Acesso restrito

  • aluno
  • professor
  • funcionário
  • Busca no site
    Google
    Fale com a PUC
    Ouvidoria
    Endereços:
    Av. Dom José Gaspar, 500 - Coração Eucarístico - Belo Horizonte - MG - CEP 30535-901 - Telefone geral: (31)3319-4444