Nº45 • 19/05/2006 


A OFERENDA QUE NÃO FOI PARA O MAR

Não era pedido, nem mesmo promessa.
 Talvez o emprego da palavra errada desviou o destino da branca rosa.
Que não foi. Nem na primeira, nem na terceira. Foi parar em mãos alheias.
Na areia. Te olho de espreita, ainda desejo.
Me faz instrumento de um mar assim que não tem tamanho,
 nem fim, isto é, só um princípio, que vai e vem.
Não me leva.
 Me lava.

Ludmila Ribeiro
 Aluna do curso de jornalismo da Unidade São Gabriel

3º FESTIVAL DE ANGU

A 3ª Edição do Festival de Angu, apoiado pela PUC Minas, acontece no dia 4 de junho, de 10h às 16h, na Praça da Estação, no centro de Belo Horizonte. A organização do festival é feita desde o ano de 2004 por alunos do curso de Turismo da Universidade. Festival de Angu tem o intuito de apresentar diversos aperitivos, tira-gostos e pratos produzidos com ingredientes de origem africana. Danças folclóricas e quadrilha serão outras atividades oferecidas durante o evento. Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail festivadeangu@yahoo.com.br.


LANÇAMENTO DO LIVRO “HISTÓRIA ORAL: MEMÓRIA, TEMPO, IDENTIDADES”

A professora do mestrado em Ciências Sociais e do curso de História da PUC Minas, Lucilia de Almeida Neves Delgado, lançou sábado, dia 20, o livro História oral: memória, tempo, identidades. O livro faz parte da coleção Leitura, Escrita e Oralidade, da Editora Autêntica.


O TREM DA PSICANÁLISE: 150 ANOS DE FREUD


Dia 23 de maio, terça-feira, às 19h, haverá mesa redonda, O Trem da Psicanálise: 150 anos de Freud, para discutir assuntos ligados à psicanálise e seu criador, Freud. A mesa tem como coordenadora Rosália Bicalho, integrante do Núcleo Psicanalítico de Belo Horizonte- IPA. O evento será no Teatro PUC Minas- Av Dom José Gaspar, 500, prédio 30- Coração Eucarístico. A entrada é gratuita.

ARQUIVO PÚBLICO E CÂMARA MUNICIPAL: PARCEIROS NA CONSTRUÇÃO DA MEMÓRIA DE BELO HORIZONTE

A Fundação Municipal de Cultura, a Câmara Municipal e o Arquivo Público da Cidade de Belo Horizonte oferecem uma exposição durante três meses em comemoração aos 15 anos do Arquivo Público de Belo Horizonte: Arquivo Público e Câmara Municipal: Parceiros na Construção da Memória de Belo Horizonte. A exposição será de 30/05 a 30/08, às 11h, na Câmara Municipal de Belo Horizonte- Av.dos Andradas, 3.100- Bairro Sta. Efigênia. Mais informações podem ser obtidas através do telefone do Arquivo Público (31) 3277- 4666.


PROJETO ROSA NO REDEMOINHO- 50º SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE GRANDE SERTÃO: VEREDAS, DE GUIMARÃES ROSA


Nos dias 22, 23 e 24 de maio acontece o 50º Seminário Internacional de Grande Sertão: Veredas, de Guimarães Rosa, uma continuação do Projeto Rosa no Redemoinho, criado pela Secretaria do Estado de Cultura de Minas Gerais. O Seminário discute as obras do autor mineiro João Guimarães Rosa, é gratuito, e acontece a partir das 19h na sala Juvenal Dias-Palácio das Artes (AV. Afonso pena, 1537- Centro). As mesas-redondas realizadas durante o Seminário contam com a participação de Professores das Universidades Federais de São Paulo e Minas Gerais. Mais informações podem ser adquiridas pelo telefone (31) 3237- 7399.


BALLET NACIONAL DE CUBA- A MAGIA DA DANÇA

Quase 20 anos depois de sua última passagem pelo Brasil, o Ballet Nacional de Cuba, faz apresentação em Belo Horizonte do espetáculo A Magia da Dança. A montagem reúne clássicos como Giselle, o mais famoso dos ballets românticos, que teve sua estréia em 1841, na Ópera de Paris. A cena selecionada para o espetáculo é a do momento em que Hilário visita o túmulo de Giselle e as almas das donzelas que morreram antes de seus casamentos. A Magia da Dança terá única apresentação nessa sexta-feira, dia 26 de maio, às 21h, no Grande Teatro do Palácio das Artes. Mais informações a respeito de preço e outras montagens produzidas pelo Ballet podem ser obtidas através do site www.palaciodasartes.com.br.


3º FESTIVAL DE ARTE NEGRA- MOSTRA DE JORGE DOS ANJOS NA PRAÇA DA ESTAÇÃO


O FAN (Festival de Artes Negras), realizado pela Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Fundação Municipal de Cultura, trouxe este mês, uma exposição do pintor e escultor mineiro Jorge dos Anjos. O artista expôs esculturas em aço, em grandes proporções, espalhadas pela Praça da Estação no Centro da cidade, que permanecerão até 30 de junho. Jorge dos Anjos trabalha com esculturas em aço desde a década de 90, o que resultou em trabalhos dispostos em espaços públicos, como o “Monumento Zumbi Liberdade e Resistência- 300 anos”, na Avenida Brasil. Seus trabalhos podem ser conferidos também nos livros “Visagens”, “Revue Noire- Brésil Afro- brasileiro”, e “Um século de História das Artes Plásticas de Belo Horizonte”. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (31) 3277- 4621.
 

VINCENT

 Inspirado em cartas do pintor holandês Van Gogh, Vincent reúne textos de Antonin Artaud e Willian Shakespeare. O espetáculo solo de Jefferson da Fonseca tem temporada prorrogada até o dia 28 de maio. As apresentações acontecem no Parque Municipal, Teatro Francisco Nunes, às sextas, sábados e domingos, às 19h. Os ingressos são vendidos na bilheteria do Parque Municipal por R$ 16,00 (inteira) e R$8,00 (meia-entrada) e no Mercado das Flores, Belotur, por R$ 10,00. Mais informações podem ser adquiridas pelo telefone (31) 3224- 4645.

BIBLIOTECA DIGITAL MULTIMÍDIA

Estão dispostas 80 vídeo conferências sobre os maiores pensadores da humanidade no site da PUC Minas www.virtual.pucminas.br/default.htm. Vale a pena conferir!

Dica do Professor de estética da PUC Minas campus Coração Eucarístico, Haroldo Marques.