TRABALHOS SUBMETIDOS PARA A COMPÓS 2018

Confira a lista dos trabalhos submetidos para o encontro

01) ACONTECIMENTO E METAMODELIZAÇÃO PELA MÁQUINA SMARTPHONE: rastreamento da força produtiva através dos corpos-chip

02) ALCANCE DE POSTS NO TWITTER: explorando a diferença entre audiência potencial e impressões de mensagens por meio de dois experimentos

03) AUTISMO E A BUSCA POR RECONHECIMENTO: conexões que enunciam as lutas de redes socioafetivas em casos do Facebook

04) AUTOFOTOGRAFIA E RELATO DE SI: materialidades digitais e audiência algorítmica na prática do selfie

05) DENEGRINDO OS ROLÊS : ativismo social e resistência em plataformas digitais de hospedagem colaborativa

06) EU, EU MESMO E O ALGORITMO: como usuários do Twitter falam sobre o “algoritmo” para performar a si mesmos

07) FEIJÃO COM ARROZ EM PANELA LE CREUSET: o universo Rita Lobo na gastronomia transmídia

08) GAMBIARRA COMO MEDIAÇÃO: um encontro entre materialidades da comunicação e filosofia da técnica a partir das mídias digitais

09) GAME OF THRONES E A NATURALIZAÇÃO DA VIOLÊNCIA DE GÊNERO EM PÁGINAS DO FACEBOOK

10) GAMES, INVERSÃO COGNITIVA E LÓGICA DIGITAL

11) Hashtags ativistas e a estrutura de redes sociais no Twitter

12) Histórias voláteis, presença constante

13) INFOENTRETENIMENTO NA POLÍTICA: Dilma Rousseff e os canais de sátira do Youtube

14) Interpelação, perfilamento e performatividade em plataformas algorítmicas

15) JORNALISMO MÓVEL E HIPERLOCAL: a experiência do PorAqui em Pernambuco

16) MÁQUINAS DE PARANOIA: controle, subjetividade e tecnologia

17) Mídias Vigilantes: o Declínio das Mídias de Difusão de Informações e a Ascensão das Mídias de Captura de Dados

18) MIDIATIZAÇÃO DA CIÊNCIA: Reconfiguração do paradigma da comunicação científica na era digital

19) O papel da mídia na criminalização dos movimentos sociais

20) O PARADOXO ESSENCIALISTA DA DESCONEXÃO: ou a denegação da mediação enquanto modo de existência das ecologias cognitivas

21) OS CIBORGUES USAM SMARTPHONES: uma breve genealogia dos dispositvos de armazenamento e transmissão de informação

22) POR QUE HÁ POUCAS MULHERES JOGANDO ONLINE?

23) PUBLICIDADE DE DERIVA: reflexões sobre uma publicidade que surge nas brechas da disciplina e do controle

24) Ritual de dor com armas de eletrochoque: o vídeo compartilhado como periferia corporal de corpos fardados

25) UM CONTO DE DUAS TELAS: computação ubíqua, espaço e Pokémon GO

26) WIKIPEDIA E INSTINTO COLETIVO: desafios da colaboração na cibercultura

01) A telenovela e os negros: O imaginário étnico na TV Globo entre 2011 e 2017

02) A COBERTURA JORNALÍSTICA SOBRE O FEMINISMO BRASILEIRO (1921 a 2016): relação de público e privado na narrativa sobre o ativismo

03) A COMUNICAÇÃO COMUNITÁRIA E AS NOVAS MÍDIAS: o silêncio da TV Tagarela no YouTube

04) A DIVERSIDADE QUE NOS CABE: a diversidade no contexto da comunicação organizacional

05) Antes do desastre: notas a respeito do Jornalismo, da comunicação de risco, da prevenção e do envolvimento cidadãoAntes do desastre: notas a respeito do Jornalismo, da comunicação de risco, da prevenção e do envolvimento cidadão

06) Aproximações entre as TICs, o capital de Bourdieu e a decisão de imigrar dos haitianos

07) AS NARRATIVAS SOBRE A QUESTÃO SOCIAL: uma reflexão sobre a prática educomunicativa

08) ASPECTOS COMUNICACIONAIS DA CIDADANIA POR REFERÊNCIA A GRADIENTES EMOCIONAIS

09) CIDADANIA COMUNICATIVA E AUTONOMIA COMUNICATIVA: lutas pelo direito à comunicação nas rádios comunitárias

10) CIDADANIA COMUNICATIVA ENQUANTO DISPOSITIVO

11) CIDADANIA, MIDIA E DIREITOS SOCIAIS

12) Circulação do boletim “O Candeeiro” em Lagoa do Juá, no Ceará

13) COMUNICAÇÃO E MOBILIZAÇÃO SOCIAL: OUTROS OLHARES E POSSIBILIDADES NO ENFRENTAMENTO À VIOLÊNCIA

14) COMUNICAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO: aspectos teóricos desde a modernização ao “buen vivir

15) DA DIÁSPORA QUEER: entre (in)visibilidades sociocomunicacionais e o exercício de cidadania

16) Discurso Publicitário e corpos refletindo no cuidado de si: Tecnologias do eu e Estesia na construção discursiva em anuncios publicitários

17) É possível tecer fios de alta tensão desencampados? Comunicação, jornalismo e acontecimentos sociais que envolvem violência

18) ECONOMIA NARRATIVA: Do Midiativismo aos Influenciadores Digitais

19) EDUCOMUNICAÇÃO: um despertar para consciência ecológica

20) EL SUJETO TRAVESTI: Aproximación a la configuración del sujeto comunicante y al ejercicio de ciudadanía comunicativa

21) Enquadramentos e a cobertura do genocídio de jovens negros: perspectivas sobre a Folha de S. Paulo e o The New York Times

22) GÊNERO E CONSUMO: percepções sobre a publicidade infantojuvenil

23) HIDROCIDADANIA, REDES DIGITAIS E O PROCESSO DE REDESCOBERTA DOS RIOS, CÓRREGOS E NASCENTES DE SÃO PAULO

24) IMPRENSA E DISPUTA DE HEGEMONIA NO BRASIL: um balanço crítico do papel desempenhado pelo Partido dos Trabalhadores

25) JORNALISMO E DIREITOS HUMANOS: discussões necessárias para qualificar a cobertura da segurança pública

26) LARP NO CCJ: reflexões sobre o papel do brincar no paradigma ecológico da comunicação

27) MIGRANTE, EMPREENDEDOR, CIDADÃO: gastronomia como meio de inclusão e experiência de consumo cultural

28) O ELEFANTE NA SALA: dinâmicas do silêncio e obstáculos à efetivação da cidadania no problema da exploração sexual infantojuvenil

29) POR UMA PLATAFORMA CIDADÃ PARA UMA REGULAMENTAÇÃO DEMOCRÁTICA DA RADIODIFUSÃO COMUNITÁRIA

30) PUBLICIDADE SOCIAL: um eixo alternativo para a Publicidade mercadológica, pela via do consumo consciente e da apropriação das tecnologias móveis.

31) REDES ANTISSOCIAIS: a hashtag #escolasempartido no Twitter

32) REDUÇÃO DE RISCOS DE DESASTRES NA ERA DAS TECNOLOGIAS INCLUSIVAS: por uma comunicação mais cidadã

33) REGULAÇÃO CULTURAL DA CIDADANIA: do Direito aos meios digitais

34) SEM HORMÔNIO, SEM QUADRIL E SEM ASPAS: a (des)identidade mulher no documentário Laerte-se

35) SUJEITOS E PARTILHAS SENSÍVEIS: comunicação, juventude e resistências

36) UM RETRATO DOS AVANÇOS E DAS CONTRADIÇÕES NA POLÍTICA DE CIDADANIA DO GOVERNO LULA POR MEIO DAS CHARGES NA IMPRENSA POPULAR ALTERNATIVA

01) A imagem como outro do corpo. Considerações acerca da Antropologia da imagem em Hans Belting e Dietmar Kamper

02) A Moça que tece o mundo: narrativa e feminino nos bordados do grupo Matizes Dumont para o conto A Moça Tecelã, de Marina Colasanti

03) A OFENSA DAS IMAGENS: reverberações simbólicas no ambiente midiático

04) À SOMBRA DA FEMME FATALE: as personagens femininas em Quentin Tarantino

05) AS PASTORINHAS DE PARINTINS: Folkcomunicação numa perspectiva dos Ecossistemas Comunicacionais

06) COMUNICAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO NO ESPAÇO CULTURAL DE LÍNGUA PORTUGUESA: primeiros resultados de uma experiência de investigação-ação em Moçambique

07) Comunicação, Cultura e Mundo da Vida: As contribuições de Jürgen Habermas e Alfred Schutz

08) COMUNICAÇÃO, CULTURA E SUBJETIVIDADE: perspectivas de análise

09) CORPOS, IMAGENS E AFETOS: a influência das imagens médicas nas imagens culturais; relações íntimas entre anatomia e pornografia

10) CULTURA CONTEMPORÂNEA E NARRATIVAS JORNALÍSTICAS: a construção da diferença nas reportagens de Nana Queiroz e Fabiana Moraes

11) DEVORAR SIGNOS E DECIFRAR CORPOS: percepções, culturas e sexualidades

12) Do Iluminismo à coleção Os Pensadores: os resquícios da aura benjaminiana no livro impresso

13) ESTRADA DE FERRO BELÉM-BRAGANÇA: sujeitos, memórias e narrativas na Amazônia paraense

14) Guimarães Rosa e o Jornalismo

15) IMPRENSA DE LÍNGUA ESTRANGEIRA E IDENTIDADES: a lusofonia nos jornais de Língua Portuguesa de Macau

16) IRACEMAS DO CINEMA: OBJETOS DO OLHAR

17) Mulheres midiáticas em debate: estilo e subjetividade no canal GNT

18) O ADMIRÁVEL NOVO CORPO DA GENÉTICA: o caso do CRISPR/CAS9

19) O DEDO INDICADOR DE PLATÃO E A MÃO DIREITA ESTENDIDA DE ARISTÓTELES: cultura como movimento conversacional no contexto de um pensamento compreensivo

20) O Saci Centenário: uma análise mitocrítica de Saci Pererê – Resultado de um Inquérito

21) RELIGIÕES AFRO-AMAZÔNICAS: que negros são esses?

22) “BAHIA DE TODOS OS SANTOS, ENCANTOS E AXÉ”: #VEMPRABAHIA

01) A INTUIÇÃO DO INSTANTE MESMO E A EXPERIÊNCIA DO DEVIR NO INSTANTE OUTRO EM JORGE LUÍS BORGES

02) A MEMÓRIA AFRICANA QUE HABITA EM NÓS: Ancestralidade nas partilhas de um comum estético

03) ADEUS AO GESTO: Imagem mecânica e autonomia dos movimentos

04) AMNÉSIA, ESQUECIMENTO E DESCARTE NA ARTE MEMORIAL DE ROSÂNGELA RENNÓ

05) As Vertigens da Imagem

06) Aventura do cinema em tradução audiovisual

07) Caminhos de uma estética pós-Kantiana?

08) CIBORGUES SONHAM COM A MORTE? Ficção científica como experimentação estética acadêmica

09) DANDARA: a vida nua de um corpo sem peso

10) Devir diva: experiência estética na peregrinação antropofágica de um fã de música pop

11) Dialética do tédio e experiência estética

12) DIGA O MEU NOME: O Nome como Deslocamento Estético para a Existência

13) ESTÉTICA E HERMENÊUTICA: a estética da comunicação como hermenêutica do mundo sensível

14) HIP-HOP: A REVOLUÇÃO ESTÉTICO-LINGUÍSTICO-COMPORTAMENTAL DA PERIFERIA PARA O CENTRO

15) Inúteis, frívolos e distantes: em busca dos dândis

16) Mnemosyne e aproximações epistemológicas rítmicas

17) NO TOM, COMO MANDA O FIGURINO: A experiência estética da chanchada pela música e pela moda

18) O corpo e a lógica do desenquadramento como estatuto estético, político e de caráter interacional

19) O prazer da crítica: entre o julgamento e a avaliação

20) Para experimentar Gilles Deleuze: breve ensaio sobre a uma possível primazia metodológica para o campo dos Estudos Cinematográficos

21) Poéticas e políticas do rosto na era das imagens inteligentes

22) POR UMA ESTÉTICA DA INSOLÊNCIA, OU A INSOLÊNCIA COMO AFECTO IDENTITÁRIO DA PRODUÇÃO CULTURAL NEGRA CONTEMPORÂNEA

23) RETRATOS DE IDENTIFICAÇÃO: Notas sobre a sobrevivência da imagem-arquivo

24) SENSIBILIDADE QUEER E SEXUALIDADES DISSIDENTES NO DOCUMENTÁRIO LOVELY ANDREA, DE HITO STEYERL

25) Seria o pornô feminista a politização da estética?

26) SOBREVIVÊNCIAS DOS ROSTOS NAS IMAGENS: aproximações entre Lévinas e Didi-Huberman

27) TESTEMUNHO TARDIO: o desastre em Mariana (MG) no fotojornalismo de Zero Hora

01 Agenda política e futebol: a cobertura do jornal O Globo sobre a Copa do Mundo 2014

02) A CIDADE MIDIÁTICA: espetacularização e conexão da cidadania na contemporaneidade

03) A MOBILIZAÇÃO DO VOTO ANTI-DILMA NAS ELEIÇÕES DE 2014: analisando os argumentos de uma liderança da do catolicismo carismático

04) A OPERAÇÃO LAVA JATO PELO GDA: reflexões sobre democracia e construção do escândalo de corrupção na América Latina

05) A subutilização do HGPE nas eleições de 2014 para Deputado Estadual do Paraná

06) AS ELEIÇÕES NO JORNAL NACIONAL: análise da cobertura das eleições de 2014 e 2016 pelo JN

07) AS OCUPAÇÕES NA UNIVERSIDADE: modos de reivindicar, resistir e fazer comunicação política

08) As redes de comunicação pública no debate sobre a reforma trabalhista

09) CULTURA CÍVICA E ESFERA PÚBLICA: estudo comparado de conversação política em ambientes digitais

10) DEMOCRACIA DIGITAL NO BRASIL: ênfases, estilos e preferências do Poder Executivo Federal

11) DESIGUALDADE DE GÊNERO NO JORNALISMO: Análise da redação de jornalismo da Marinha do Brasil

12) DIÁLOGOS INCONVENIENTES NO PALÁCIO DO JABURU: a midiatização do escândalo político no Jornal Nacional

13) DIREITA TRANSANTE: enquadramentos pessoais e agenda ultraliberal no MBL

14) DOIS DEMÔNIOS E UMA SOCIEDADE PROFUNDAMENTE DIVIDIDA: Uma análise da semântica da Comissão da Verdade no Brasil

15) EFEITOS DA MÍDIA E APOIO À DEMOCRACIA NO BRASIL APÓS OS PROTESTOS DE 2013

16) ELEIÇÕES MUNICIPAIS: uma análise quantitativa dos gastos com comunicação na campanha de 2016

17) ELEIÇÕES? O “FALATÓRIO” É O QUE IMPORTA: a cobertura jornalística à luz de uma Fenomenologia da Comunicação

18) ESCÂNDALO POLÍTICO E OPINIÃO PÚBLICA: a Operação Lava Jato

19) GOLPE, COMUNICAÇÃO E REPRESENTAÇÃO POLÍTICA: um estudo do rito de votação do impeachment da presidenta Dilma na Câmara dos Deputados

20) IMPRENSA FEMINISTA BRASILEIRA E INTERSECCIONALIDADE

21) INDÚSTRIA CULTURAL E TRABALHO NO SÉCULO XXI: uma análise sobre o modo de produção cultural e a nova configuração do mundo do trabalho

22) MUITO ALÉM DA POPULARIDADE: comunicadores-políticos na Câmara dos Deputados (1982-2014)

23) MUITO ALÉM DOS CRIMES DE RESPONSABILIDADE: os temas acionados no debate público sobre o processo de impeachment de Dilma Rousseff

24) O AGENDAMENTO DE TEMAS REGIONAIS NOS DIÁRIOS IMPRESSOS DE PONTA GROSSA (PR)

25) O CONSUMO DE FAKE NEWS NO FACEBOOK: Um estudo sobre o componente perceptivo do efeito de terceira pessoa

26) O NASCIMENTO DO DISPOSITIVO DE CONTROLE SOBRE FAKE NEWS: uma Análise Crítica do Discurso no Conselho de Comunicação Social do Congresso Nacional

27) Os impactos do uso da comunicação digital na mediação jornalística da transparência pública

28) OS VALORES DURADOUROS BRASILEIROS: O privado sobre o público

29) POLÍTICA, OPINIÃO E CONTROVÉRSIA: as estratégias do Jornal Gazeta do Povo no Facebook e a relação com o público

30) POLÍTICAS PÚBLICAS DE COMUNICAÇÃO NO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL: restrições legais à propaganda comercial

31) POLITICS 3.0? De @realDonaldTrump para as eleições de 2018 no Brasil

32) Produção e disseminação de publicações no Facebook durante o golpe parlamentar brasileiro

33) QUEM FALA SOBRE A DITADURA NOS JORNAIS? Reflexões sobre as fontes de informação jornalísticas

34) Razão e emoção nas estratégias eleitorais: A campanha à Prefeitura de Curitiba em 2016 no Facebook

35) TEMAS SENSÍVEIS E DEBATE PÚBLICO: mobilização e discussão sobre a #ViradaFeminista em mídias sociais digitais

36) Think tanks ideológicos e a formação da opinião pública: Reflexões sobre grupos conservadores, suas redes e os estudos de comunicação

37) TRETANDO NA TIMELINE: a emergência de novos padrões de compartilhamento de notícias em tempos de crise

38) UM TESTE PÚBLICO PARA A TESE DE QUE O CAMPO DE JOGO EM QUE VIVEMOS CHEGOU NUM PONTO DE ESTAR TOTALMENTE DIVERTIDO

39) “FLAGRANTES POLÍTICOS”: representação política partidária da sucessão governamental piauiense no jornal Folha da Manhã de 1958

01) IMAGINÁRIOS SOBRE A DEFICIÊNCIA: mobilização de afetos cotidianos em campanhas publicitárias

02) A CENTRALIDADE DO DIABO NO NEOPENTECOSTALISMO BRASILEIRO: a violência da representação no contexto de ascensão conservadora

03) A ÉTICA DA SORORIDADE: sentimentos morais, gênero e mídia

04) AMOR DE TINDER OU ERRO DE PROGRAMAÇÃO? Análise sobre os aplicativos de relacionamento como regime de controle

05) CELEBRIDADES, ACONTECIMENTOS E VALORES NA SOCIEDADE CONTEMPORÂNEA

06) COMUNICAÇÃO E PLURALISMO EXISTENCIAL: a composição de mundos pelas crianças do reinadinho de Oliveira

07) CONTRIBUIÇÕES TEÓRICO-CONCEITUAIS DAS INTELECTUAIS NEGRAS PARA PENSAR A COMUNICAÇÃO

08) CORPOS NO LIMITE: estresse e resiliência nos discursos midiáticos

09) DAS JAULAS DE FERRO ÀS TELAS HIPERCONECTADAS: breve genealogia do mal-estar

10) De Hoffmann ao Facebook: narratividade e identidades monetizadas nas redes sociais digitais

11) EM BUSCA DO RECONHECIMENTO MIDIÁTICO: a auto-realização do sujeito na sociedade midiatizada

12) Entre exposição e desaparecimento: por uma ética das imagens do rosto

13) INOVAÇÕES EDITORIAIS E PRÁTICAS SOCIOCOMUNICATIVAS NOS EMPREENDIMENTOS DIGITAIS DE JORNALISMO

14) JORNALISMO INTERPRETATIVO: reflexões sobre vínculo e diálogo para inclusão de crianças com deficiência no debate social

15) MADAME BOVARY SOU EU: A ficção acuada sob a ilusão da transparência, da correção política e da autenticidade

16) MULHERES YOUTUBERS E NARRATIVAS ÍNTIMAS: racionalização e compartilhamento dos afetos

17) O CULTO DA JOVEM VELHICE: reflexões sobre a performance da mulher contemporânea

18) O ESTUDO DAS EMOÇÕES: uma aproximação inicial aos seus desenvolvimentos teóricos nas ciências sociais

19) O fundamentalismo dos outros: sobre a democracia e seus avessos

20) O IMPEACHMENT E A SEXUALIZAÇÃO DO DEBATE POLÍTICO: #QueremosDilmaNaPlayboy

21) O INCÓGNITO EXCLUDENTE: uma mini antologia das experimentações do corpo-subjetividade feminino negro em um ambiente de anonimato

22) O jardim das delícias: Brigitte Bardot, prazeres naturais e a invenção de Búzios

23) O LUGAR DE DEUS É ONDE EU QUISER: enunciações de religiosidade e sexualidade num evangelho afetivo-midiático

24) OS GUERREIROS VÃO PRA CIMA: hibridismo cultural e ativismo juvenil na capital do Rio Grande do Sul

25) Perda gestacional e neonatal, um sofrimento como outro qualquer

26) POR UMA GENEALOGIA DO ÓDIO EM REDES SOCIAIS: contágio, viralização e ressentimento online

27) PRESENÇA SOCIAL E EMOÇÕES: as conversações em rede no dia do impeachment de Dilma Rousseff

28) SERIAM AS VELHAS AINDA MULHERES? Reflexões sobre gênero, (não) velhice e biopoder a partir de capas de Veja e Tpm

29) TABLET, EDUCAÇÃO E SOCIABILIDADE: o Plano CEIBAL e as vivências educativas

30) TERRITÓRIOS, PAISAGENS E CAMINHOS: articulações sensíveis para disputas em rede

31) Veja antes que suma: temporalidade 24/7 nos aplicativos de conteúdo efêmero

32) “Parece ser uma doença contagiosa”: antifeminismo nas redes sociais e a retórica do asco

01) A PERFORMANCE DO LIVRO NA ARTE CONTEMPORÂNEA: UM CAMINHO DE PESQUISA

02) A REVOLUÇÃO CRIATIVA: agências, disputas simbólicas e redes de poder da publicidade nos anos 1960

03) CLARO COMO UM IOGURTE: o discurso publicitário e suas tentativas de diálogo com um novo público

04) Consumerismo e Distinção: infâncias e ativismo no contexto brasileiro

05) CONSUMO COMO ACONTECIMENTO SOCIAL AMPLO: Mapeamento do GT Consumos e Processos de Comunicação da Compós (2015-2017)

06) É POSSÍVEL UMA POLITIZAÇÃO PELO CONSUMO? Reflexões sobre o novo posicionamento de marca da empresa Avon

07) Entre "alegres" e "livres": prazer e repressão à pornografia nos cinemas do Rio de Janeiro (1907-1916)

08) GENTRIFICAÇÃO, MÍDIA E PODER SIMBÓLICO: disputas pelo espaço urbano mercantilizado

09) HIPER-RITUALIZAÇÃO DE GÊNERO NA CIBERPUBLICIDADE: revisitando Goffman no contexto digital

10) IMAGINÁRIOS DO RIO: megaeventos , marcas e consumos

11) Influenciadores Digitais: trabalho, estilo de vida e consumo

12) INVENÇÃO DO SUJEITO PLUS SIZE: sobre biopolíticas e biossociabilidades do consumo

13) Jornalismo, moda e consumo feminino no Brasil: uma perspectiva histórico-cultural

14) MATERIAL GIRLS: ativismo e “eu-pistemologia” de microcelebridades na campanha #VivaSuaBelezaViva

15) MENS $ANA IN CORPORE $ANO: a lógica do biocapital nas culturas terapêutica e somática

16) Musealização e espetáculo cultural no Rio de Janeiro: estratégias discursivas para o consumo da cidade

17) NOVAS QUESTÕES DA ENUNCIAÇÃO NO BRANDED CONTENT: interações com personagens fictícios

18) O aplicativo Tem Açúcar e o consumo colaborativo na sociedade midiatizada: Apropriações e deslocamento de sentidos

19) O HOBBIT: a percepção da audiência brasileira sobre a trilogia cinematográfica

20) O VERÃO É NOSSO MAS O HORÁRIO É DA “VERÃO”: uma análise sobre consumo, publicidade e celebridades a partir da campanha da Itaipava

21) Os "justiceiros de internet" e suas práticas de contestação da publicidade

22) OS CIBERCONSUMIDORES E A CIBERPUBLICIDADE: marcação interagente e interações reativas como práticas de consumo no Facebook

23) Quando não faz sentido: a falha da publicidade dentro do sistema do consumo

24) QUE TIRO FOI ESSE? Jojo Todynho e a gordofobia para consumo

25) TRÊS DIMENSÕES PARA COMPREENDER AS MEDIAÇÕES COMUNICACIONAIS DO CONSUMO NA CONTEMPORANEIDADE

26) VEM SER FELIZ: Estratégias de controle e manipulação discursiva das emoções nos domínios publicitário e corporativo

01) "Sua Cara", videoclipe do grupo Major Lazer, Anitta e Pabllo Vittar, sob a perspectiva da Teoria Cultural

02) A DISTINÇÃO DE CLASSE TOMA O YOUTUBE: Trajetória, expressão e temática do maior influenciador digital do Brasil

03) A PERIFERIA DO LAR NAS TELAS DO CINEMA: o lugar das empregadas em Que horas ela volta? e Aquarius

04) A vida no trauma: narrativa e memória no documentário Ônibus 174

05) AFINAÇÕES NARRATIVAS EM TRÊS ENCONTROS CURTOS COM O SAMBA CARIOCA

06) BELCHIOR, LEITOR DE JOHN LENNON: desencanto e contracultura, vencedores e vencidos

07) CINEMA E LITERATURA: a transposição intermidiática da história de um defunto autor

08) Comunicação e Produção de Sentido no YouTube - Cotidiano e Intimidade no canal "JoutJout Prazer"

09) CRÍTICA E RECONHECIMENTO: lutas identitárias na cultura midiática

10) DO RÁDIO AO PODCAST: as novas práticas de produção e consumo de áudio

11) ESTUDOS CULTURAIS E FEMINISMO OU ESTUDOS CULTURAIS FEMINISTAS?

12) FEMINICÍDIO MÍDIA E ESTADO: O ASSASSINO NUNCA É O ÚNICO QUE MATA

13) GÊNERO NARRATIVO, GRANDES-NARRATIVAS E A CIDADE: Nova York e a comédia romântica hollywoodiana pós-11 de setembro

14) JORNALISMO E NARRATIVA TRANSMIDIÁTICA – diálogo entre reportagem, crônica e conto

15) MUITO ALÉM DOS VÍDEOS: um olhar historicizado de discussões midiáticas sobre o YouTube

16) O DISCURSO SOBRE A MACONHA NAS REVISTAS VEJA E SUPERINTERESSANTE: regimes de interação e antagonismos

17) OS FUTURISTAS ESTÃO CHEGANDO: o futurismo como fenômeno midiático, cultura empreendedora e inspiração

18) PROLEGÔMENOS PARA UMA TEORIA DAS WEBCELEBRIDADES: reflexões sobre as novas formas de ascensão midiática

19) Rede Conectada: Uma reflexão sobre a convergência midiática, a narrativa transmídia e a cultura participativa

20) RELAÇÕES INTERMIDIÁTICAS EM “STEPHEN KING S STRANGER LOVE SONGS”, DE BUTCHER BILLY

21) REVISTA BRASILEIRA, COSMOPOLITA: uma publicação de seu tempo e de seu país

22) STORYTELLING COMO ESTRATÉGIA DE COMUNICAÇÃO CORPORATIVA: Um olhar sobre as campanhas “Velha Pra Isso”, da Natura e “A Linda Ex”, de O Boticário

23) UMA META PARA A CRÍTICA DA MÍDIA: propostas metacríticas

24) VINHETA DO QUADRO PARCEIROS DO MGTV: uma construção verbo-visual da periferia de Belo Horizonte

25) Virada visual: práticas de leitura e centralidade das imagens

26) YOUTUBE E PARTICIPAÇÃO SOCIAL DAS CRIANÇAS: possibilidades e constrangimentos

27) “#SOUDONNADEMIM” E A DIVERSIDADE EM PAUTA: uma análise da campanha de reposicionamento da revista Donna

28) “FOI UM RIO QUE PASSOU EM MINHA VIDA”: A cobertura do jornal O Tempo sobre a tragédia de Bento Rodrigues

29) “NADA DURA PARA SEMPRE”: disputas de sentido em torno do jornalismo e da política em House of Cards

30) “VOCÊ JAMAIS ESQUECERÁ ESSE FILME PORQUE VOCÊ É UM DOS PERSONAGENS”: Noite em chamas, os anos 1970 sob as lentes de Jean Garrett

01) A COMUNICAÇÃO COMO ÉTICA DA ALTERIDADE: pensando o conceito com Lévinas

02) A CONFIANÇA COMO FIGURA EPISTEMOLÓGICA DA COMUNICAÇÃO

03) A ECOLOGIA DA MÍDIA COMO SUBSÍDIO TEÓRICO AO ESTUDO DA CIRCULAÇÃO MIDIÁTICA DIGITAL

04) A INFERÊNCIA ABDUTIVA NA PESQUISA EMPÍRICA: LIMITES E POSSIBILIDADES DAS DEDUÇÕES E INDUÇÕES PRELIMINARES

05) A virada computacional nas pesquisas em Comunicação

06) ANÁLISE CULTURAL-MIDIÁTICA COMO PROTOCOLO TEÓRICO-METODOLÓGICO DE PESQUISAS EM COMUNICAÇÃO

07) Comunicação das Pessoas: crise do social, teoria e psicanálise

08) Comunicação e Epistemologia: retrato em branco e preto

09) Interagindo com Foucault - os arranjos disposicionais e a Comunicação

10) MARSHALL MCLUHAN E RAYMOND WILLIAMS: a trajetória de um debate sobre as tecnologias da comunicação

11) NOTÍCIAS FALSAS OU PROPAGANDA?: Uma análise do estado da arte do conceito fake news

12) O SLOGAN PUBLICITÁRIO: um estado da arte sobre o slogan na pesquisa acadêmica em comunicação

13) OS (DES) CAMINHOS DA PESQUISA EM COMUNICAÇÃO NA AMAZÔNIA

14) OS SABERES ANTROPOLÓGICOS NOS ESTUDOS DE COMUNICAÇÃO E O PIONEIRISMO DE EGON SCHADEN, SOLANGE COUCEIRO DE LIMA E MARCO ANTÔNIO GUERRA NA ECA/USP

15) PEQUENAS PERCEPÇÕES, GRANDES MUDANÇAS Sobre a solidão, o tédio e a angústia dos jovens na era das altas tecnologias

16) PERTENCIMENTO COMO CATEGORIA ANALÍTICA: etnometodologia para o estudo da comunicação

17) Por meio do meio: Crítica para uma epistemologia dos meios (de comunicação)

18) PÓS-VERDADE E COMUNICAÇÃO: a circulação simbólica como critério de verdade no mundo contemporâneo

19) PRODUÇÃO CIENTÍFICA DOCENTE: Um panorama sobre a área de Comunicação nas universidades federais da região norte

20) QUANTO TEMPO TENHO? A aplicação da dialética das durações no Telejornalismo

21) UMA MIRADA NO PASSADO PARA PROJETAR OS NOVOS RUMOS DA METAPESQUISA (2011-2016)

01) UNA NEBBIA CHIARA CHIARA: Paisagem e melancolia em quatro filmes do cinema italiano moderno

02) A cidade em conflito: o visível e o invisível na fotografia de Luiz Baltar

03) A construção do espaço comum nos filmes Conta Comigo e Antiga Alegria

04) A EXPERIÊNCIA DA ESCUTA: estética e política em filmes indígenas brasileiros

05) A IMAGEM E A IMUNDICE NO FUNK CARIOCA: a fotografia de Vincent Rosenblatt

06) A Lomografia: estética do precário e restituição do acaso

07) A POÉTICA CONSTELAR E ESPECTRAL DE “O BOTÃO DE PÉROLA”

08) A questão da forma em Cabra Marcado Para Morrer

09) August Sander e a representação da mulher

10) BIOPODER E CINEMA: discurso indireto livre, simulação e transe

11) Cinema e Modernidade: alguns problemas

12) Corpo impróprio, imagem resistente: crimes de gênero nas fotografias de Berna Reale e Teresa Margolles

13) DA LITERATURA AO CINEMA: o tempo representado no conto História da sua vida e no filme A Chegada

14) DO CINEMATÓGRAFO AO CELULAR: tão longe e tão perto

15) DOCUMENTÁRIO E ARTES: atravessamentos e interlocuções

16) EM BUSCA DE UM MÉTODO: entre a estética e a história de imagens domésticas do período da ditadura militar brasileira

17) ENTRE AS ORIGENS DA MISE-EN-SCÈNE E O CINEMA DARDENNEANO

18) ENTRE O FILME, O TEATRO, A CRÔNICA E O ARQUIVO DE FAMÍLIA: o estudo dos usos dos sons nos cinemas cariocas a partir dos desvãos (1895-1916)

19) Espetáculo e sensações - o audiovisual no YouTube e as permanências do regime de atrações

20) Estereoscopia, história e nostalgia: o olhar de Guilherme Santos sobre o Castelo

21) Exercícios de autoinscrição no cinema: o filme como experiência vivida pelo realizador

22) no instante de perigo: anacronismo e distopia em Era uma vez Brasília

23) HISTÓRIA E MEMÓRIA NAS FOTOGRAFIAS DE HANS KOPP, PRIMEIRO FOTÓGRAFO DE ROLÂNDIA

24) Imagens erradas e o ruído na fotografia

25) Invasores: classe e perspectiva cinematográfica em ficções brasileiras contemporâneas

26) JOÃO MOREIRA SALLES – TRAPEIRO DE IMAGENS: estratégias de construção narrativa em No intenso agora

27) Leviathan e a etnografia sensorial

28) MEMÓRIA, DOCUMENTO E ARQUIVO: a organização da experiência em Le fond le fond de l'air est rouge e Sans Soleil

29) MORTE E SANGUE MENSTRUAL: uma análise do abjeto no filme: Amor, Palavra Prostituta

30) NA VENTANIA: do irrepresentável para os tableaux vivant e o uso da voz over

31) O ator experimental no cinema

32) O Cinema Brasileiro nas Telas Argentinas no Período Clássico (1933-1954)

33) O CINEMA ESTRUTURAL NORTE-AMERICANO NO PANORAMA DA ARTE MINIMALISTA

34) O CINEMA, A IMAGEM EM MOVIMENTO E OS ESPAÇOS DA ARTE CONTEMPORÂNEA: outras formulações do audiovisual

35) O desvio da memória clássica do cinema em Tabu, de Miguel Gomes

36) O FUNDO DO AR É VERMELHO: a montagem como forma de militância

37) O mestre, o divino e o cinema como mediador de mundos

38) presente como história: estéticas da elaboração no cinema brasileiro contemporâneo

39) O SURREALISMO NO CINEMA DE ALAIN ROBBE-GRILLET

40) O TRANSBODAR DO QUADRO FOTOGRÁFICO DOS FILMES PARAGUAIOS “EJERCICIOS DE MEMORIA” E “FUERA DE CAMPO”: memórias, territorialidades e a relação com a imagem-movimento

41) O vampyrotheutis infernalis e a representação cinematográfica dos desvios no cinema de Pedro Almodóvar

42) Os rastros fotográficos da Revolução de 1924: fotografias que fabulam

43) Performance e Documentário de Memória Afetiva

44) POR UMA NOÇÃO DE TRANSPARÊNCIA: em busca do realismo dos anos 1920

45) PRODUÇÃO PORNOGRÁFICA E ETOPOIÉTICA DE SI: os modos de constituição de si no cinema de Antonio da Silva

46) QUESTOES TEÓRICAS E METODOLÓGICAS PARA ANÁLISE DO DOCUMENTÁRIO NAS ARTES CONTEMPORÂNEAS

47) RUMO A TERRA DO POVO DO RAIO: retomada das imagens, retomada pelas imagens em Martírio e Ava Yvy Vera

48) Semelhança na Montagem Dialética: Benjamin e Godard

49) TESTEMUNHO E USO DO ARQUIVO: procedimentos de elaboração cinematográfica do passado traumático cambojano em Rithy Panh

50) Uma arqueologia especulativa: os roteiros não filmados de Mário Peixoto

01) JORNALISMO, PRODUÇÃO DE SENTIDO E HEGEMONIA: notas teórico-metodológicas para a investigação de conteúdos da maquinaria informacional

02) A NAÇÃO: a mitologia da torcida do Flamengo construída pelo jornalismo esportivo da revista Placar nos anos 1980

03) A NOTÍCIA COMO REFORÇO DA OPINIÃO DOS JORNAIS? Um estudo acerca da homogeneidade entre editoriais e fontes noticiosas sobre o impeachment de Dilma Rousseff

04) A produção de conhecimento no jornalismo: transformações e renovações do cenário contemporâneo

05) Voz do Brasil e a cobertura do impeachment de Dilma Rousseff: uma análise crítica

06) ALGORITMOS COMO GATEKEEPERS: os riscos para o jornalismo e para a sociedade

07) DOS TRABALHOS DO GT ESTUDOS DE JORNALISMO DA COMPÓS (2011-2015)

08) TRAMAS DO TEMPO NO TELEJORNALISMO LOCAL: temporalidades sociais como propósito de análise no programa Terra de Minas

09) As transformações no jornalismo contemporâneo: novos cenários e novos desafios

10) AVALIAÇÃO CRÍTICA DA RELEVÂNCIA JORNALÍSTICA: tarefas iniciais

11) Caso Lula e a efetivação do imaginário do mainstream midiático brasileiro

12) Cidades médias e Jornalismo Regional: a experiência do jornal O Progresso

13) Credibilidade e desintermediação da notícia para o público jovem

14) Crise e mercado de trabalho: trajetórias profissionais de jornalistas no Brasil (2012-2017)

15) Crítica das práticas jornalísticas forja o “novo intelectual”

16) CRISE À CRIATIVIDADE: a mediação qualificada como estratégia de enfrentamento

17) DOS PARADOXOS COTIDIANOS À PONTUAÇÃO RÍTMICA DAS NOTÍCIAS: por um modelo teórico-conceitual pendular

18) ESCÂNDALO COMO NARRATIVA ÚTIL: repensando a relação entre jornalismo e democracia

19) Estratégias do Grupo Globo na Disrupção do Modelo de Negócios do Jornalismo

20) IMERSIVIDADE COMO ESTRATÉGIA NARRATIVA EM PODCASTS INVESTIGATIVOS: pistas para um radiojornalismo transmídia em In the Dark

21) INCIDÊNCIAS E INCIDENTES: uma análise das coberturas das mortes de policiais e moradores de favelas

22) INDICADORES DE CREDIBILIDADE NO JORNALISMO: uma análise dos produtores de conteúdo político brasileiros

23) Jornalismo de fronteira e a grande reportagem multimídia: apontamentos sobre a narração de alteridade em ambiente digital

24) JORNALISMO DE SUJEITOS: estratégias de valorização da subjetividade no especial impresso Viúvas do Veneno

25) JORNALISMO E POLÍTICA NO BRASIL ATUAL: acontecimentos, figuras públicas e problemas públicos

26) JORNALISMO POLICIAL EM FRUTAL-MG: um conflito do ethos jornalístico com o ethos policial

27) JORNALISMO POP: aproximações através de territorialidades semióticas no contexto digital

28) LUGAR E TEMPO: Bento Rodrigues no Lampião

29) MULHERES NO FOTOJORNALISMO: análise cultural entre identidade de gênero e performatividade como forma de apropriação profissional

30) Narradores do contemporâneo: jornalistas escritores e o livro-reportagem no Brasil

31) NARRATIVAS JORNALÍSTICAS EM FORMATO DE STORIES: apropriações pelo jornalismo no Snapchat e Instagram

32) Newsgames baseados em texto como um formato inovador para o jornalismo

33) NOVAS EXPERIÊNCIAS DE JORNALISMO NO BRASIL: potências e limites para uma nova governança social

34) O Brasil no Imaginário Coletivo: A Cobertura dos telejornais CNN Newsroom e BBC News na Copa do Mundo de 2014

35) O CONHECIMENTO DO JORNALISMO: o método de investigação jornalístico e os saberes da pedagogia freiriana

36) O HIPERTEXTO NO JORNALISMO: uma proposta de caracterização do hipertexto jornalístico

37 O JORNALISMO E AS CONCEPÇÕES EPISTEMOLÓGICAS DE RAZÃO E VERDADE: o desafio das velhas aporias no novo cenário midiático digital

38 O projeto dramático como critério de acionamento dos ouvintes em narrativas jornalísticas radiofônicas

39 O USO DE “BOTS” NO JORNALISMO E O IMPACTO NAS ROTINAS PRODUTIVAS

40 Os conceitos de participação, interação e acesso em meio ao envolvimento do(s) público(s) nos estudos em jornalismo

41 OS STONES SAÍRAM NA STONE: negociações para a escolha das capas da revista Rolling Stone Brasil

42 Paralelismo político, economia de mídia e jornalismo local em A União

43 PROXIMIDADE EM PROGRAMAS TELEVISIVOS: perspectivas no telejornalismo local e regional

44 RECEPÇÃO JORNALÍSTICA- processos e desafios relacionados

45 Resenha, a crítica do jornal

46 SLOW JOURNALISM E JORNALISMO DE BORDAS: a etnografia como instrumento na grande reportagem

47 SOBRE O CONCEITO DE PROJETO AFETIVO-EDITORIAL: inscrições discursivas da autoria, de uma suposta comunidade de pertencimento e do medo socialmente demarcado

48 SUJEITO DADOS: apontamentos para a discussão do jornalismo no cenário Big Data

49 Telejornalismo na timeline: 1 como noticiários de rede da NBC, Televisa e TV Globo estão usando as redes sociais

50 Uma perspectiva teórico-metodológica para a análise do telejornal popular

01) A CRIAÇÃO DE SI COMO OBRA DE ARTE: a música política dos Racionais Mc’s

02) A FOLIA ENTRE AS RUAS E AS REDES: Uma análise das táticas de ocupação do espaço urbano pelo ‘Cordão do Boi Tolo’

03) A Música Pernambucana depois de 2007: do manguebeat à música-artesanato?

04) A música que afeta: uma conversa com Alicia e PeteR

05) A PRODUÇÃO ALGORÍTMICA DO GOSTO MUSICAL: Recomendações musicais inteligentes e implicações sobre a diversidade cultural do mercado fonográfico

06) A VIOLA NORDESTINA NA MÚSICA INSTRUMENTAL DE RECIFE: a viola experimental de Hugo Linns

07) APANHADOR NÃO TÃO SÓ: um testemunho, uma banda e as afetações de um ciberacontecimento

08) BATALHAS SÔNICAS: Disputas territoriais do Congo Capixaba e Congado Mineiro

09) Bruxa, devota e católica: questões sobre as encenações religiosas da performance de Lady Gaga

10) COLETIVOS DE MÚSICA ELETRÔNICA DE PISTA EM SÃO PAULO: usos da cidade, culturas juvenis e sentidos políticos

11) DOCE AMIANTO: a fábula trans do contemporâneo cinema brasileiro

12) ENTRE A EXPERIÊNCIA RELIGIOSA E O ENTRETENIMENTO: ressignificações da música gospel como atração no programa Esquenta!

13) MERSBE - MERCADO DE RUÍDOS E SONS PARA O BEM-ESTAR: Modulações da Escuta e Cultura Aural Contemporânea

14) Minha língua é minha pátria: a circulacão de artistas multiculturais na cena dos festivais na cidade de Montreal (Canadá)

15) MÚSICA CLÁSSICA X MÚSICA POPULAR: uma dicotomia ultrapassada?

16) Nevermind...what? : memória, nostalgia, e os tensionamentos possíveis entre o punk e o museu na exposição “Nirvana: Taking Punk To The Masses”

17) O EXPERIMENTALISMO DE DJ DOLORES E O CONCEITO DE PÓS-GÊNERO

18) O MÚSICO ATRAVÉS DO YOUTUBE: um estudo com base no faturamento, execução pública e entrevistas com sete artistas independentes

19) O vento como personagem no filme Sob a Sombra

20) Paixões top: o universo afetivo das canções mais tocadas no rádio brasileiro

21) Por uma noção de sonoridade: processos sociotécnicos, tradutórios e afetivos

22) Produzir música, produzir diferença: o "faça você mesmo" musical enquanto forma de mediação

23) QUANDO O GRAVE BATER, EU VOU QUICAR: videomemes musicais, espalhamento e apropriação como ativismo de fãs em Sua Cara

24) Revisitando a noção de gênero musical em tempos de cultura musical digital

25) RITMOS DA CIDADE: som, regulação e persistência da música de rua

26) SHOW YOURSELF: Performance, gosto e heavy metal em críticas musicais no YouTube

27) TANTAS CIDADES: experiência e disputas discursivas a partir da música do BaianaSystem, em Salvador-BA

28) Um Rumor no Texas: Ruído, Heterotopia e Dissenso

01) A CONSTRUÇÃO DE NARRATIVAS VISUAIS NOS FOTOLIVROS ÁFRICA E GÊNESIS, DE SEBASTIÃO SALGADO: leituras preliminares a partir do conceito de montagem intelectual de Sergei Eisenstein

02) TELAS, PORTAIS PARA PROFANAÇÕES E SACRALIDADES

03) "NO CAPÍTULO DE HOJE: SURRA NA INIMIGA” A construção do imaginário da mulher na telenovela brasileira

04) A CONSTRUÇÃO DAS EMOÇÕES SOBRE (E PARA) A MARCA-RIO

05) A IMAGEM, O NATURALISMO E AS SUAS DISPERSÕES EM FILMES BRASILEIROS DOS ANOS 2000

06) A MEDIAÇÃO DO AMBIENTE URBANO NA HQ MENINA INFINITO

07) A política e o espetáculo em Jair Bolsonaro, João Doria e Nelson Marchezan

08) A VIDA É SONHO: mundos imaginados e comunidade latina em O hipnotizador – El hipnotizador

09) Ambiente, mente e médiance: alguns conceitos para o entendimento das imagens

10) Análise da Campanha da Rede Globo: Que Brasil você quer para o futuro?

11) ANTROPOCENO E O IMAGINÁRIO TECNOLÓGICO CONTEMPORÂNEO

12) COM IMAGENS, CONTRA AS IMAGENS: o pensamento por imagens como resistência ao imaginário midiático

13) COMUNICAÇÃO E ESTUDOS DE GÊNERO: imagens diaspóricas, imaginários insurgentes

14) CONTÁGIO IMAGINÁRIO: comoções coletivas da Grande Mãe nos Rituais Marianos

15) DIÁLOGOS MIDIÁTICOS INTER-RELIGIOSOS: uma análise sobre “O vídeo do papa”

16) EM BUSCA DE IMAGENS JORNALÍSTICAS TRANSITIVAS

17) ENTREVER NO (IN)VISÍVEL: imaginação, arte divinatória e potência criativa

18) ESTEREÓTIPOS E CLICHÊS: uma abordagem teórica

19) ESTRANHAMENTO E DELÍRIOS ATMOSFÉRICOS: o Homem da Areia e seus duplos

20) Ícone e ídolo: a imagem de Cristo no cinema

21) Imagem de si: autorretrato e apagamento do rosto em Camila, Agora

22) Imagem e palavra na obra Histórias Reais, de Sophie Calle

23) IMAGENS EM ESPIRAL: da circulação à aderência da sombra

24) IMAGINÁRIO E JORNALISMO: a busca do imaginário social através dos jornais

25) IMAGINÁRIO HISTÓRICO, IMAGINÁRIO ESTÉTICO: perspectivas teóricas

26) IMAGINÁRIOS DO NORTE E DO NORDESTE EM ACONTECIMENTOS NA MÍDIA NACIONAL

27) Mare Nostrum, Mare Alienun: Identidade, Epistemologia e a Imaginação Flusseriana dos Fluxos

28) O DETETIVE ASSOMBRADO: encontros entre narrativa policial e fantástica na ficção televisiva

29) O devir-monstro em Star Trek: tecnologias e produção de imaginários

30) O ECLIPSE DO IMAGINÁRIO: imaginário instrumental nas imagens do Candomblé e da Umbanda

31) O PARADOXO ESTÉTICO DO MEDO COMO PRAZER

32) O YOUTUBE VAI AO CINEMA: tutorialização da vida e privatização da imagem

33) Partilha da dor: a piedade e o trágico

34) Slender Man: Imaginário sombrio e processo criativo

35) WARBURG E BENJAMIN - ATLAS E PASSAGENS, O INACABAMENTO E A MONTAGEM COMO MÉTODOS DE CONHECIMENTO

01) A CONSTRUÇÃO DE UMA MEMÓRIA COLETIVA DO CORPO NU EM ARTE: Para uma análise do dossiê de performances interditadas no Brasil em contexto de golpe

02) A CORDIALIDADE NA IMPRENSA DO SÉCULO XIX: uma análise dos jornais O Radical e O Rebate, de Carangola-MG

03) CALABOUÇO, MEMÓRIAS E DISPUTAS: o caso Edson Luís e a memória de 1968

04) CORPO SUBTERRÂNEO : existência, essência e memória a partir de Agostinho e Heidegger

05) CRIME, GÊNERO E MÍDIA: reflexões metodológicas sobre a perspectiva da memória

06) CULTURA PARTICIPATIVA E A AÇÃO DOS FÃS NA PRESERVAÇÃO DA MEMÓRIA CULTURAL ATRAVÉS DA INTERNET

07) Daqui do morro eu não saio não: o retorno do passado no cinema de montagem

08) EM BUSCA DO TEMPO E DO ESPAÇO: memória, nostalgia e utopia em Westworld

09) ENTRE A FIRMEZA DO DISCURSO E A MOBILIDADE DO VIVIDO: La casa de los conejos, de Laura Alcoba

10) ESCRITAS DA CIDADE: o arquivo memorialístico da fanpage “Maria do Resguardo”

11) FOI MAIS UMA HISTÓRIA DE PRÍNCIPE E PRINCESA: memórias midiáticas da união entre Dona Leopoldina e Dom Pedro I na novela “Novo Mundo”

12) FOTÓGRAFOS POR PROFISSÃO, CINEASTAS POR AMOR: Como a apropriação do 16mm pelo cinema desvelou a Caixa Preta

13) GOLPEANDO O GOLPE 50 ANOS ATRÁS: a promulgação do AI-5 pelo jornalismo impresso da época

14) Marc Bloch, Pioneiro da Teorização sobre a Falsa Notícia, Explorador de sua Interface com a Problemática da Memória Social

15) Memória e resistência na ditadura militar brasileira: os manuscritos de Linhares

16) MÍDIA, MEMÓRIA E ESQUECIMENTO: UMA ANÁLISE DA COBERTURA DA FOLHA DE SÃO PAULO NO CASO RAFAEL BRAGA

17) O câncer na trajetória de Ana Maria Braga: uma experiência midiatizada

18) O MOVIMENTO FEMININO PELA ANISTIA EM TRÊS REPORTAGENS DA REDE GLOBO MINAS (1978/1979)

19) O PRESENTE COMO TEMPO DA TRADIÇÃO: a poesia de cordel contemporânea do Maestro Rafael Brito

20) O vídeo, o diário íntimo e a rememoração em 365 Day Project (Jonas Mekas, 2007)

21) OS EX-VOTOS COMO MÍDIAS NA TRANSMISSÃO E NA PRESERVAÇÃO DA MEMÓRIA SOCIAL

22) Paradigma do atraso: raízes do discurso modernizador e seus impactos na memória da imprensa brasileira

23) RESSURREIÇÃO DE UM ENTE QUERIDO: A volta do JB e a (re)construção da memória de um ícone do jornalismo

24) São Paulo e memórias do futuro: entre a utopia e a retrotopia

25) Sobre paisagens conhecidas e corpos anônimos: memórias fotográficas do fluxo migratório no Mediterrâneo

26) VIGIAR, LEMBRAR E PUNIR: notas sobre os episódios Toda a sua história e Crocodilo, de Black Mirror

27) VISITAS DE GREENAWAY ÀS PINTURAS CLÁSSICAS: desejo de memória frente à compressão espaço-temporal das mídias digitais

28) “A CIDADE DE SOBRAL (CE) NO RÁDIO: análise de discurso do programa “Sábado de todas as maneiras”

01) "NÃO QUEREMOS GUERRA, QUEREMOS ESFIRRA!”: etnocentrismo, interação e afetos no jornalismo

02) A DINÂMICA TRANSMÍDIA DE FAKE NEWS: interações sociais em torno da concepção pragmática de verdade

03) APLICATIVOS DE MAPEAMENTO DE ASSÉDIO SEXUAL DE RUA: regimes de interação e de sentido

04) As canetas corretoras e o jornalismo em tempos de redes sociais

05) Associações e dissociações na controvérsia da pílula do câncer

06) Ativismo por Fandoms Políticos Conservadores: a discussão em torno dos casos Queermuseu e La bête por páginas pró-Bolsonaro

07) CONTRATO FIDUCIÁRIO E VERIDICÇÃO NAS INTERAÇÕES ESTRATÉGICAS DO CONSUMO DE INFORMAÇÃO

08) CORPOS TESTEMUNHAS, FLUXOS INTERACIONAIS, SENTIDOS EM CIRCULAÇÃO

09) DATA-DRIVEN STORYTELLING: o projeto hipermoderno para o consumo de narrativas, em tempo de narrativas de consumo

10) DESLIZAMENTO DE TERRA COMO RUPTURA DO COTIDIANO: análise sociossemiótica da construção de resiliência aos desastres

11) DISSENSO E LINGUAGEM: práticas interacionais e produções midiáticas da Craco Resiste e Agência Pavio na Cracolândia

12) DIVISÃO DO PARÁ: identidade narrativa no jornal Correio do Tocantins

13) INSTAGRAMERS DA CIDADE MARAVILHOSA: popularidade e visibilidade de sujeitos comuns no Instagram a partir de imagens do Rio de Janeiro

14) INTERAÇÕES MIDIÁTICAS E ARTESANATO: Os processos de aprendizagem e as práticas culturais artesanais

15) JOGOS ELETRÔNICOS E ESPAÇOS “IMPOSSÍVEIS” EM PORTAL, ANTICHAMBER E MONUMENT VALLEY: estratégias enunciativas de subversão da espacialidade

16) MERCADOS PÚBLICOS URBANOS: para além do suprimento local, o entretenimento global

17) O DISCURSO DE ÓDIO DE GÊNERO EM SITES DE REDES SOCIAIS: ética, liberdade de expressão e práticas de consumo

18) O MEDO E VIOLÊNCIA NO RIO DE JANEIRO: a construção dos sujeitos no ordenamento da cidade

19) O PAPEL DO DUALISMO NO DISCURSO AMBIENTAL: uma análise a partir de filmes documentários sobre a questão agrícola

20) O PAPEL DO FÃ NO TEXTO TRANSMÍDIA: uma abordagem a partir da televisão

21) OS SIMBOLOS NACIONAIS NOS PROCESSOS SOCIAIS E MEDIÁTICOS: uma análise sociossemiótica da bandeira e do hino brasileiro de junho de 2013 aos dias de hoje

22) REZANDO PELO SMARTPHONE: reconfigurações de práticas religiosas em um grupo de orações pelo WhatsApp

23) UMA PROPOSTA DE ARTICULAÇÃO ENTRE REGIMES DE INTERAÇÃO E SENTIDO E REGIMES DE VISIBILIDADE: análise do episódio “Hino Nacional”, do seriado Black Mirror

24) UNIVERSIDADE NEGRA E FEMININA: O Ethos e o Contrato de Leitura da Maior IES da Bahia

25) VIDEOCLIPES INTERATIVOS: o estado da arte da primeira década (2007-2016)

26) VOZES E VIVÊNCIAS DE MULHERES AMBIENTALISTAS: expressão e ciberativismo em narrativas no Facebook

27) “VAI PARA O FACEBOOK”: hostilizações em espaços públicos como efeito da interface da rede social

01) A MÚSICA DE DI SOUZA SOB A ÓTICA DA COMUNICAÇÃO, CULTURA E POLITICA: Uma Análise Semiótica

02) POTÊNCIA METODOLÓGICA DOS AFETOS NA PESQUISA EM COMUNICAÇÃO E A EXPERIÊNCIA DAS SERTANEJAS NO FACEBOOK

03) A RECEPÇÃO NÃO INTERESSA AOS ESTUDOS DE CINEMA? Panorama da produção stricto sensu brasileira das últimas três décadas

04) AS LATINAS QUE VEMOS: a recepção das personagens da série Queen of the South

05) COMO COMPREENDER AS TRANSFIGURAÇÕES DIGITAIS DA MÍDIA LITERATURA? Trilhando o caminho dos afetos

06) Comunidades de Recepção em Ambientes de Sociabilidade Online: características e dinâmicas de funcionamento de grupos sobre telenovela

07) CONTEXTUALIZANDO O BREXIT: A importância dos estudos de recepção para explicar o nacionalismo

08) Em Busca dos Fãs do Bolsonaro no Twitter: reflexões epistemológicas e metodológicas sobre circulação de sentidos e pesquisa em mídias sociais

09) ENTRE O PROTAGONISMO E A ANGÚSTIA: apontamentos sobre o cotidiano midiatizado da juventude urbana

10) ENTRE USOS Y APROPIACIONES DE TECNOLOGÍA DIGITAL: ciberfeminismos contemporáneos

11) FANFIC, ADAPTAÇÃO E TRANSCRIAÇÃO: os fãs de O Fantasma da Ópera

12) NOS LIMITES DA MEDIAÇÃO: “Que Brasil você quer para o futuro?”, “Quero o Brasil do Presente”

13) NOTAS PARA PENSAR A CIDADANIA DOS SUJEITOS COMUNICANTES NO PROCESSO INVESTIGATIVO

14) NYAH! FANFICTION E AS TRANSFORMAÇÕES DO AMOR: o fenômeno do One True Pairing

15) O CONSUMO MASCULINO CRAVADO NO CORPO: FANATISMO NA PELE

16) O FUTURO (PÓS-) HUMANO: os caminhos para imortalidade

17) O MENINO NEGRO DA FOTO: a produção de sentidos nos comentários dos leitores de El País

18) Os fãs e a interpretação dos excessos narrativos em Breaking Bad

19) Para pensar as audiências de cinema: anotações iniciais

20) PESQUISAS DE RECEPÇÃO EM JORNALISMO: o Jornal Nacional como objeto de estudo e a identidade como categoria de análise

21) RÁDIO E DESIGN AUDIOVISUAL: uma metodologia para ir além das formas radiofônicas institucionalizadas

22) SOBRE COSTURAR TEORIA SOCIAL E REALIDADE EMPÍRICA NA RECEPÇÃO: uma proposta de sistematização do gênero e classe como conceitos analíticos a partir do habitus

23) TV SOCIAL: as múltiplas experiências da instância de recepção



APOIO

Flora Mangabeiras
Arcelor Mittal
UFMG
Fapemig
CNPQ
CAPES

REALIZAÇÃO

Compós
Faculdade de Comunicação e Artes
PUC Minas

Siga a Compós nas redes sociais