Clínica de Psicologia

História da Clínica

A clínica de Psicologia da PUC Minas se destina à formação de psicólogos e à prestação de atendimento psicológico à comunidade. Fundada em março de 1990, é mantida pela Sociedade Mineira de Cultura. Situa-se à Av. Dom José Gaspar, 500, Prédio 44. CEP 30 535-901 Belo Horizonte.

Foto 01
Foto 02

A história da Clínica se liga à história e ao desenvolvimento do curso de Psicologia da PUC- Minas, o qual foi criado em 1959 e integrava o Instituto de Psicologia Aplicada da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras Santa Maria, da então UCMG.

Em 1962, foi implantado no curso o estágio supervisionado. Nessa ocasião, começaram as gestões para a organização de serviços clínicos e de aplicação da Psicologia à educação e ao trabalho, como determina a lei nº 4119, de 27-8-62 que dispõe sobre os cursos de formação em Psicologia e regulamenta a profissão de psicólogo.

Ainda em 1962 é criado o SIPUC (Serviços do Instituto de Psicologia da Universidade Católica), precursor da clínica. Seu fundador e primeiro diretor foi o professor Rainier Rozestraten (nome religioso: Frei Ricardo), sucedido pelo professor Sílvio Ferreira. O SIPUC foi o setor responsável pela oferta de estágios aos alunos do curso e para o cumprimento dos estágios foram firmados convênios com algumas grandes empresas. Nessa ocasião o atendimento clínico era ainda discreto; os estágios se concentravam especialmente nas atividades de seleção de pessoal.

Em 1980 ocorre a introdução, no currículo, do estágio clínico para atendimento em psicoterapia. Ao aluno era facultado escolher a supervisão nas áreas de clínica comportamental, existencial-humanista e psicanalítica. Os professores Escípio da Cunha Lobo, na época chefe do departamento de Psicologia, Wanderley Chieppe Felippe, vice-chefe do departamento de Psicologia, e Tarcísio Guimarães Mendes, coordenador do colegiado do curso, elaboraram a proposta dos estágios clínicos e foram seus primeiros supervisores. Ao longo de dez anos de prática, o estágio cresceu e se diversificou.

Foto 03
fot 04

O novo currículo aprovado em 1987 (Portaria R Nº 14/87) introduziu a ênfase clínica. Sua implantação criou as condições estruturais para a diversidade de estágios e a consolidação da prática clínica, configurando assim a necessidade de ambiente próprio e distinto do espaço de salas de aula para os atendimentos.

Os professores Ana Maria Sarmento Seiler Poelman e Wanderley Chieppe Felippe, então chefe e vice-chefe do departamento de Psicologia, respectivamente, conduziram as negociações com a reitoria da instituição para a implantação da clínica. Em 1989, a Universidade destinou-lhe à época, uma sede própria, a qual foi inaugurada em março de 1990, quando se comemoravam os 30 anos do curso de Psicologia na PUC Minas.

Diversos tipos de atendimento passaram a ser oferecidos: psicoterapia de crianças, adolescentes, adultos, casal e família, psicodiagnóstico, psicologia hospitalar. A estes se juntaram a orientação vocacional, psicopedagogia e terapia psicomotora.

As orientações teóricas, em consonância com o currículo em vigor passam a ser, na psicoterapia, a existencial-humanista, a psicanalítica e a sistêmica. Mais uma vez, as dependências da clínica se tornam pequenas para comportar o trabalho que ali se realiza. Iniciam-se as negociações com a Reitoria para a ampliação do espaço físico. A decisão do Reitor, Padre Geraldo Magela Teixeira foi pela construção de um prédio novo, especialmente projetado para a clínica, em local destinado pela Universidade para sediar os diversos serviços da área de saúde. As professoras Ana Maria Sarmento Seiler Poelman e Lúcia Maria de Lima Mello, coordenadora e vice-coordenadora da clínica conduzem as negociações com a reitoria e participam, com a equipe de arquitetos, da elaboração do projeto físico da clínica.

Em maio de 2002 é inaugurada a sede da clínica, no prédio 44 do campus Coração Eucarístico.

A clínica se subordina administrativamente à Faculdade de Psicologia e se vincula do ponto de vista acadêmico ao curso de Psicologia. É coordenada por dois professores. Conta com equipe técnica para suporte administrativo e com estagiários e monitores, estudantes de psicologia.

De sua fundação até hoje, coordenaram a clínica:

1. Heloisa Cançado Lasmar (Coordenadora)- 1990 a 1995.
2. Paula Maria Bedran (Coordenadora)- 1995 a 1997.
3. Ana Maria Sarmento Seiler Poelman (Coordenadora) e Lúcia Maria Lima Mello (Vice- Coordenadora)- 1997 a 2001.
4. Ana Maria Sarmento Seiler Poelman (Coordenadora) e Suzana Faleiro Barroso (Vice- Coordenadora)- 2002 a 2004.
5. Suzana Faleiro Barroso (Coordenadora) e Ana Paula Carvalho Pereira Passos (Vice- Coordenadora)-2004 a 2010.
6. Ana Paula Carvalho Pereira Passos (Coordenadora)- 2011 a 2017.
7. Lucia Efigênia Gonçalves Nunes (Coordenadora) e Stella Maria Poletti Simionato Tozo (Vice- Coordenadora)- 2017.
8. Marcia de Mendonça Jorge (Coordenadora) e Katia Botelho de Carvalho (Vice- Coordenadora)- 2018 até a presente data.

Merece reconhecimento especial o prof. Pe. Geraldo Magela Teixeira, que, como Reitor, sempre se mostrou atento às peculiaridades do trabalho clínico na Universidade.

Semestralmente é publicado o Boletim Informativo da Clínica, atualmente denominado CLINICANDO, com notícias sobre o funcionamento e discussão de temas relevantes para o trabalho na clínica.

Anualmente é realizada a Jornada da Clínica dentro da Semana da Diversidade em Psicologia, que tem por objetivo: incentivar e promover a produção científica de alunos e professores do curso, relativa aos estágios da clínica; contribuir para o debate de questões relevantes para a clínica e para a formação do psicólogo; incentivar a prática da exposição e discussão de ideias, por professores e alunos.

Desde os primeiros anos do curso de Psicologia, o atendimento clínico prestado por acadêmicos constitui experiência significativa e indispensável à formação de psicólogos. Como setor de prestação de serviços da Universidade, a clínica é órgão de referência para a população em geral e para organizações e instituições educacionais e de saúde.

Fontes de informação:

  • Portaria do Reitor nº 01 / 59 de 9 de março de 1959, que autoriza o funcionamento dos cursos de Psicologia e Orientação Educacional no prédio e dependências da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras Santa Maria, da Universidade Católica de Minas Gerais.
  • Resolução CEPE Nº 14/87, que aprova novo currículo para o curso de Psicologia.
  • Projeto de implantação da Clínica do Curso de Psicologia da PUC Minas.
  • Projeto pedagógico do curso de Psicologia – agosto, 2003.
  •  :: Volta :: 

    Facebbok Clínica de Psicologia

    Acesso restrito

  • aluno |
  • professor
  • funcionário
  • Busca no site
    Google
    Endereços:
    Av. Dom José Gaspar, 500 - Coração Eucarístico - Belo Horizonte - MG - CEP 30535-901 - Telefone geral: (31)3319-4444